Amanda Perobelli/Estadão
Amanda Perobelli/Estadão

Alckmin cobra maior atuação de municípios na segurança pública

Governador disse ainda que nomeação de mais delegados é necessária, mas reforço não tem sido possível em razão da crise

Eduardo Laguna e Daniel Weterman, O Estado de S. Paulo

06 Março 2017 | 17h04

SÃO PAULO - O governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), cobrou nesta segunda-feira, 6, maior atuação dos municípios na segurança pública. Segundo ele, são necessários mais investimentos municipais na Polícia Civil, mas essa é uma preocupação que, em geral, passa longe das prefeituras.

Durante discurso em almoço do Lide na zona sul de São Paulo, Alckmin considerou ainda que mais delegados deveriam ser nomeados. Ponderou, no entanto, que tal reforço não tem sido possível em razão da crise. "Precisa nomear mais gente? Precisa. Só que como o Brasil quebrou - gastou, gastou e gastou -, precisamos conter e buscar eficiência", afirmou. 

Rodoanel. Alckmin ainda garantiu nesta segunda que o Rodoanel, "maior obra rodoviária do País", será entregue "rigorosamente" no ano que vem. O governador disse que o Brasil tem um "mar de obras paralisadas", mas destacou que o programa de concessões de São Paulo já recebeu R$ 93,5 bilhões em investimentos.

"São Paulo é o único Estado que está fazendo obras atualmente", afirmou. O governador lembrou que oito obras metroferroviárias estão em andamento no Estado, citou que um hospital para dependentes químicos na Cracolândia, no centro de São Paulo, será entregue em semanas, e citou obras de interligação de sistemas para evitar uma nova crise hídrica estadual. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.