Alckmin assina PPP para fazer três hospitais em até três anos

Dois serão construídos no interior do Estado, em São José dos Campos e em Sorocaba, e um na capital, em plena Cracolândia

Adriana Ferraz, O Estado de S. Paulo

01 Setembro 2014 | 19h13

SÃO PAULO - O governador Geraldo Alckmin (PSDB) assinou nesta segunda-feira contrato para a construção de três hospitais. São eles: Hospital Estadual de São José dos Campos e Hospital Estadual de Sorocaba, no interior, e Hospital Estadual Pérola Byington, para saúde da mulher, na capital.

Todos serão erguidos no modelo de parceria público-privada (PPP), a um custo estimado de R$ 772,2 milhões. A vencedora da licitação foi a Construcap CCPS Engenharia e Comércio S/A, que tem 36 meses para entregar as obras. Quando prontos, os novos hospitais oferecerão 646 leitos e terão capacidade para realizar 3 mil atendimentos ambulatoriais por dia.

O novo prédio do Pérola Byington, que hoje funciona em imóvel alugado no centro da cidade, será construído em plena Cracolândia e ajudará, segundo Alckmin, a revitalizar a região. A unidade ficará no cruzamento da Avenida Rio Branco com a Rua Helvétia. 

Mais conteúdo sobre:
São PaulohospitaisAlckmin

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.