Alckmin anuncia aumento da vazão de água para região de Campinas

Governador prometeu criação de mais duas represas para cidades da área, que estão sob risco de racionamento

Bruno Ribeiro, O Estado de S. Paulo

15 Fevereiro 2014 | 20h14

SÃO PAULO - O governador Geraldo Alckmin (PSDB) anunciou neste sábado, 15, medida para aumentar em 33% vazão de água do Sistema Cantareira para a região de Campinas, que corre risco de iniciar racionamento a partir de segunda-feira. Segundo nota do Palácio dos Bandeirantes, o aumento foi possível graças à economia feita pela população.

Na ocasião, Alckmin também anunciou a criação de duas represas para atender a região: a Barragem de Pedreira, no Rio Jaguari, e a Represa de Duas Pontes, no Rio Camanducaia. Juntos, os dois reservatórios terão capacidade para 67 milhões de metros cúbicos de água.

"O Estado já liberou R$ 53 milhões para desapropriações das áreas das futuras represas. A previsão é que a licitação seja concluída em abril. A empresa vencedora terá 14 meses de prazo para entregar os projetos", diz o texto.

O baixo nível dos reservatórios fez o governo do Estado iniciar uma campanha para os cidadãos economizarem água. Quem reduzir 20% do consumo mensal obtém desconto de 30% na conta de água da Sabesp.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.