Alckmin abre parceria para usar imagens de segurança privada no policiamento

Pelo protocolo de intenções que será assinado pelo governador, cinco entidades já aderiram à proposta

Luciano Bottini Filho, O Estado de S. Paulo

19 Maio 2014 | 13h10

SÃO PAULO - O governador Geraldo Alckmin (PSDB) anunciou nesta segunda- feira, 19, um programa para compartilhamento das imagens de segurança privada com a polícia. As parcerias poderão ser feitas com associações e empresas de segurança. Com os vídeos, o novo sistema Detecta, que permite o reconhecimento automático de suspeitos, poderá ter maior cobertura.

Pelo protocolo de intenções que será assinado pelo governador, cinco entidades já aderiram à proposta de convênio, entre elas a Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel).

Operação Delegada. A Polícia Militar vai ampliar o convênio para fiscalização de comércio irregular em mais cinco cidades no interior do Estado: São Carlos, Votuporanga, Mooca, Promissão e Sul Menucci.

A operação já é feita em 40 cidades do Estado. A Capital foi a pioneira, em 2009.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.