Ajudante morre ao proteger mulher de tiro

Uma troca de tiros entre um PM e três ladrões em Carapicuíba (SP) acabou com a morte do ajudante Rogério Santos de Souza, de 29 anos, na noite de anteontem. O tiroteio começou após o trio assaltar um vendedor em um semáforo e o PM Sandro José de Souza, de 40 anos, abordá-los. O casal estava dentro de um Gol - ele foi baleado ao proteger a mulher, Kelly de Sousa, de 24, atingida de raspão.

O Estado de S.Paulo

24 Abril 2012 | 03h01

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.