Airbus teve problema no sistema hidráulico em junho, diz JN

O Airbus A-320 que se chocou contra um depósito de cargas da TAM na terça-feira havia apresentado dois problemas nos dias que antecederam o acidente no Aeroporto de Congonhas, em São Paulo, segundo o Jornal Nacional desta sexta-feira, 20. Veja também: Lista de vítimas do acidente do vôo 3054  O local do acidente  Quem são as vítimas do vôo 3054  Histórias das vítimas do acidente da TAM  Galeria de fotos  Opine: o que deve ser feito com Congonhas?  Cronologia da crise aérea  Acidentes em Congonhas  Vídeos do acidente  Tudo sobre o acidente do vôo 3054 A reportagem apurou que em 24 de junho o piloto abortou uma decolagem no Aeroporto de Guararapes, em Recife (PE), após notar uma luz de advertência do sistema hidráulico. Passados 20 dias do episódio, o mesmo sistema teria apresentado um vazamento de óleo, de acordo com o JN. Um dia antes do acidente na capital paulista, segundo o Jornal Nacional, o piloto do Airbus teria tido dificuldades para aterrissar na pista principal em Congonhas e registrou no livro de ocorrências do órgão que controla a torre que a pista estava escorregadia. O Airbus da TAM, que estava com 26.320 horas de vôo, passaria por uma próxima revisão geral em 2008. Na quinta-feira, a TAM admitiu que o reversor direito da turbina estava travado devido a um problema apresentado na sexta-feira, reportado pelo piloto durante um pouso. Segundo a TAM, o avião poderia voar até 10 dias com o defeito, a não ser que chovesse muito no momento.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.