Agricultor de 84 anos mata assaltante em Mogi

Bandido tentou invadir sítio com três comparsas e acabou levando um tiro de espingarda; para polícia, foi legítima defesa

CAMILA BRUNELLI, O Estado de S.Paulo

20 de junho de 2012 | 03h04

O agricultor Akira Uetuno Miya, de 84 anos, matou um dos quatro assaltantes que tentaram invadir seu sítio no bairro de Guatinga, em Mogi das Cruzes, Região Metropolitana de São Paulo.

Segundo a polícia, por volta das 11horas, a mulher de Miya, Saeko Fuyimura Miya, de 81 anos, estava trabalhando na lavoura quando foi rendida pelos ladrões e levada para dentro de casa. O agricultor percebeu que havia estranhos mexendo na porta do imóvel e, chegando ao corredor, viu dois homens armados e Saeko deitada no chão da cozinha.

Com um revólver 38, um dos ladrões chegou a disparar pelo menos quatro vezes na direção da parede. O agricultor revidou com um tiro de espingarda calibre 12. O disparo de Miya atingiu a cabeça de um dos ladrões, o desempregado Thiago Cleber Olímpio, de 26 anos.

Os outros três fugiram, levando o comparsa ferido, mas o abandonaram a pouco menos de um quilômetro dali. Olímpio chegou a ser socorrido por policiais militares, mas morreu ao dar entrada no Hospital das Clínicas Luzia de Pinho Melo. O caso foi registrado no 4.° DP de Mogi das Cruzes. O agricultor não será indiciado, porque agiu em legítima defesa. A espingarda que ele usou está legalizada, mas Miya não tem documento comprovando o porte de arma. A polícia ainda procura os três fugitivos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.