Agentes em greve barram entrada de presos em CDP de Sorocaba

A Tropa de Choque da Polícia Militar deslocou-se até o local, mas funcionários resistem em permitir o acesso

José Maria Tomazela, O Estado de S. Paulo

17 Março 2014 | 12h46

SOROCABA - Agentes penitenciários em greve barram, desde a manhã desta segunda-feira, 17, a entrada de 30 detentos no Centro de Detenção Provisória (CDP) do bairro Aparecidinha, em Sorocaba. Os presos, entre eles três acusados do tráfico de 1,3 mil quilos de maconha, estavam detidos na Cadeia Pública de São Roque.

A Tropa de Choque da Polícia Militar deslocou-se até o CDP, mas os agentes resistem em permitir o acesso. O diretor da unidade, Márcio Coutinho, afirma que uma liminar da Justiça considerou ilegal o bloqueio. Os agentes alegam que não foram notificados dessa decisão.

Mais conteúdo sobre:
greve agentes penitenciários

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.