Agente da CET bate o carro após beber e dirigir

Acidente em Taboão da Serra ocorreu na noite de segunda-feira; motorista foi detido e disse ter consumido cerveja e conhaque

23 Abril 2013 | 15h05

Um agente de trânsito da Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) foi detido na noite desta segunda-feira, 22, após bater o carro em um ônibus em Taboão da Serra, na Grande São Paulo. Ele estava embriagado e, segundo a Polícia Civil, admitiu ter bebido cerveja e conhaque.

"Trata-se de um funcionário público que, em tese, deveria servir de exemplo, ainda mais em um momento em que se fala muito dos riscos de dirigir alcoolizado. Ele fugiu do padrão", disse o delegado titular o 1.º Distrito Policial da cidade, Gilson Leite Campinas.

O acidente foi por volta das 23h na Avenida Embaixador Assis Chateaubriand, no bairro Jardim Ouro Preto. O carro do agente R.L., de 42 anos, sofreu vários danos, mas o homem não se feriu com gravidade.

De acordo com Leite Campinas, o funcionário da CET permanecia detido na tarde desta terça-feira, 23. A polícia havia fixado o valor de sua fiança em R$ 5 mil, mas o caso deve ser resolvido pela Justiça, que pode decretar a soltura do agente, que não tem antecedentes criminais.

A pena para quem é condenado por dirigir sob o efeito do álcool varia de seis meses a três anos de prisão.

Em nota, a CET informou que não cabe a ela adotar "nenhum procedimento, visto que o caso não tem relação com os aspectos funcional e profissional" do agente detido.

 

Mais conteúdo sobre:
CETagente de trânsitoLei Seca

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.