Africanos são presos com cocaína no Aeroporto de Guarulhos

Cada um estava com 1 quilo de cocaína no estômago, descoberta após a polícia levar os dois para um hospital

Fabiana Marchezi, estadao.com.br

25 de abril de 2008 | 17h13

Policiais civis da 4ª Delegacia de Investigações Sobre Entorpecentes (Dise) prenderam uma angolana com 102 cápsulas de cocaína no estômago, na tarde da última quarta-feira, 23, no Aeroporto Internacional de Cumbica, em Guarulhos, Grande São Paulo. Um dia antes, a polícia também prendeu um moçambicano com 113 comprimidos de cocaína, também no estômago. As prisões foram divulgadas apenas na tarde desta sexta-feira, 25. De acordo com a Secretaria de Segurança Pública do Estado, os policiais estavam no aeroporto quando notaram que Josefina Buyica, de 35 anos, aparentava nervosismo no saguão. Em seguida, ela foi abordada, mas nada foi encontrado em sua bagagem. A africana foi encaminhada para o Hospital Geral de Guarulhos e submetida a tratamentos laxativos. Foram expelidas 102 cápsulas de cocaína, pesando 1 quilo. A droga seria levada para a África do Sul.  Já na madrugada da última terça-feira, 22, a polícia prendeu Jobo Acácio Hhabete, de 25 anos, na fila do check-in, e após exames médicos, também foi constatada a presença de 113 cápsulas de cocaína em seu estômago, que totalizaram 1 quilo. Os dois vão responder por tráfico internacional de drogas.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.