Afogamentos matam 77 por mês em São Paulo, aponta levantamento

Estado registrou 931 óbitos por afogamentos em 2010, de acordo com a Secretaria de Saúde

estadão.com.br,

30 de janeiro de 2012 | 16h33

SÃO PAULO - Levantamento da Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo aponta que, a cada mês, 77 pessoas morrem, em média, vítimas de afogamentos no Estado. Apenas sete são internadas mensalmente. Segundo a pasta, em 2010, houve 931 óbitos por afogamentos, sendo 360 apenas na capital e região metropolitana. Em 2009, foram 922. Ainda não há dados sobre o ano de 2011.

É comum casos de crianças que se afogam em churrascos à beira de piscina, momento em que os pais costumam se distrair. Já para os adultos, o maior perigo está na combinação de excesso de confiança e consumo de bebidas alcoólicas.

Para evitar afogamentos a Secretaria de Estado da Saúde recomenda que o banhista amais desobedeça a sinalização do Corpo de Bombeiros em locais de correnteza; procure evitar mergulhos solitários e, caso se sinta em perigo, evite gritar e não nade contra a correnteza para poupar o fôlego e sinalize pedido de ajuda com os braços.

Tudo o que sabemos sobre:
afogamentoSão Paulo

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.