Aeroviários fazem protesto em Congonhas

Cerca de 40 aeroviários (funcionários de aeroportos que atuam em solo) protestaram ontem no Aeroporto de Congonhas, na zona sul. Com megafones, cobraram melhores condições de trabalho e reajuste de 15%. Segundo a Infraero, o protesto e a "operação-de-não-colaboração", em andamento desde quinta-feira, não afetaram os voos. Até as 18h, os atrasos no País não ultrapassavam a média de 6,8%.

, O Estado de S.Paulo

08 Dezembro 2010 | 00h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.