Aeroviários fazem manifestação no Aeroporto de Congonhas

Trabalhadores reivindicam 13% de aumento salarial e 20% de aumento sobre os pisos

Solange Spigliatti, do estadão.com.br,

08 Novembro 2011 | 11h42

SÃO PAULO - Cerca de 150 aeroviários realizam na manhã desta terça-feira, 8, uma manifestação no Aeroporto Internacional de Congonhas, na zona sul de São Paulo, em repúdio à contraproposta patronal com índice inferior ao reivindicado.

Segundo o diretor do Sindicato dos Aeroviários de São Paulo, Reginaldo Alves de Souza, o protesto começou por volta das 9h30 e deve terminar às 11h30. O grupo realiza passeatas dentro de várias áreas do aeroporto, com faixas e bandeiras. Um grupo de cantores foi contratado para homenagear os funcionários da aviação.

Os representantes do sindicato farão amanhã, no Rio, uma nova rodada de negociações, de acordo com Reginaldo. "Esta será a quarta reunião após a apresentação da pauta de reivindicações em setembro e a proposta apresentada é ridícula", comenta.

Os sindicatos das categorias entregaram a pauta de reivindicação ao Sindicato Nacional das Empresas Aeroviárias (SNEA) em 15 de setembro, duas semanas antes do prazo, para evitar que a campanha se estendesse ultrapassando a data-base, em 1º de dezembro, segundo o sindicato.

Os trabalhadores reivindicam 13% de aumento salarial e 20% de aumento sobre os pisos, compostos pela inflação do período e o ganho de produtividade das empresas. A contraproposta apresentada tem índice inferior à inflação, que prevê 3% de reajuste para todas as cláusulas econômicas e 5% para os pisos salariais.

Mais conteúdo sobre:
aeroviáriosprotestocongonhas

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.