Aeroportos têm poucos atrasos em dia de greve

Segundo o sindicato nacional da categoria, a greve poderá ser encerrada ainda nesta manhã

Solange Spigliatti, estadao.com.br

30 de julho de 2008 | 09h21

Os aeroportos do País registravam poucos atrasos e poucos cancelamentos, nesta quarta-feira, 30, no primeiro dia de greve nacional dos aeroportuários, que teve início à meia-noite. Segundo site da Empresa Brasileira de Infra-Estrutura Aeroportuária (Infraero), do total de 484 vôos previstos até as 9 horas de hoje, em todo o País, 37 sofreram atrasos e 14 estavam atrasados em mais de meia hora. Outros 22 foram cancelados.   Veja também Saiba o que fazer em caso de atraso ou cancelamento de vôo Saiba como entrar em contato com as companhias aéreas Saiba quais são seus direitos em caso de atraso nos aeroportos   A situação era tranqüila nos aeroportos do Rio e São Paulo. No aeroporto de Congonhas, na zona sul da Capital, entre os 52 vôos programados, cinco sofreram atrasos e dois estavam com horários alterados no período. Três foram cancelados.   No aeroporto internacional de Cumbica, em Guarulhos, nenhum vôo foi cancelado e nenhum estava com atraso de mais de meia hora, entre os 47 vôos programados. Segundo o sindicato nacional da categoria, a greve poderá ser encerrada ainda nesta manhã ou até ampliado, dependendo do resultado das assembléias que serão realizadas a partir das 8h30 nos aeroportos que aderiram à paralisação. Por volta das 9 horas, as assembléias ainda estavam sendo realizadas.

Tudo o que sabemos sobre:
paralisaçãogreveaeroportuários

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.