Aeroporto de Cumbica vai ter novo acesso

Ligação com a zona leste deverá favorecer também cidades do ABC e da Grande SP

Nataly Costa,

16 Novembro 2011 | 22h30

Até a Copa de 2014, São Paulo vai ganhar uma ligação direta entre a zona leste e o Aeroporto de Cumbica, em Guarulhos: é a Avenida José Alencar, que vai começar na Avenida Papa João Paulo, atrás do aeroporto, cruzar a Via Dutra e chegar até o trevo da Ayrton Senna com a Jacu-Pêssego. Além de uma alternativa para aliviar o trânsito entre a capital e Guarulhos, a nova via possibilitará o acesso dos moradores do Grande ABC até o aeroporto sem passar por São Paulo.

Para quem segue de São José dos Campos ou Arujá, por exemplo, até Guarulhos, vai ser possível evitar um dos piores trechos da Dutra, entre o km 213 e o km 219, cujo trânsito já é influenciado pelo fluxo de veículos na saída da Marginal do Tietê, em São Paulo. Na Rodovia Ayrton Senna, a nova via vai criar uma segunda opção para os motoristas na altura do km 26, na região do bairro dos Pimentas, área constantemente engarrafada.

A avenida - que homenageia o ex-vice-presidente - terá 8 km de extensão e custo estimado de R$ 250 milhões. Desses, R$ 35 milhões são da Prefeitura de Guarulhos e o restante será bancado pelo governo federal. As obras do primeiro trecho até a Dutra já começaram e vão até julho.

Com cerca de 1 km, essa parte inicial do aeroporto até a Dutra terá três faixas em cada sentido, com alças de acesso à rodovia e à Papa João Paulo. Já para a ligação da Dutra com a Jacu-Pêssego, passando pela Ayrton Senna, está previsto um corredor exclusivo de ônibus nos outros 7 km restantes. O projeto já foi apresentado pelo prefeito Sebastião Almeida (PT) ao Ministério das Cidades. "Vai existir uma possibilidade real de pessoas da Baixada Santista, de Mauá e do ABC chegarem à Dutra sem precisar passar por São Paulo. Isso alivia muito o trânsito das Marginais", diz. A prefeitura também estima que vai precisar fazer desapropriações para a segunda fase da obra, no Jardim Cumbica, mas ainda não tem estimativa de quantos moradores serão afetados.

Marginal. O congestionamento da Dutra entre Guarulhos e Arujá, a 40 km de São Paulo, também poderá ter uma melhora nos próximos anos. As prefeituras das duas cidades apresentaram ao governo do Estado o projeto de uma marginal do Rio Baquirivu, ligando a Avenida Mário Covas, no Arujá, até a Rua Jamil João Zarif, em Guarulhos, que passa na frente do Aeroporto de Cumbica. O Estado lançou um edital no mês passado e as empresas terão 21 meses para elaborar projeto de acordo com as regras estipuladas nessa licitação. 

Demanda

31 milhões

é a estimativa da Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero) sobre o nº de passageiros que Cumbica vai receber neste ano

26 milhões

foi o nº de usuários entre janeiro e dezembro do ano passado

1,3 milhão

é a população da cidade de Guarulhos

R$ 215 mi

devem ser investidos pelo governo federal

Mais conteúdo sobre:
acessoaeroportocumbica

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.