Aeroporto de Cumbica reúne o maior de atrasos no País

Já se contabiliza 182 atrasos superiores a 30 minutos e 21 cancelamentos neste domingo

Elvis Pereira, estadao.com.br

04 Janeiro 2009 | 15h45

Os aeroportos brasileiros contabilizaram 182 atrasos superiores a 30 minutos e 21 cancelamentos, da 0 às 15 horas deste domingo, 4. Os números correspondem, respectivamente, a 18,3% e 2,1% dos 993 vôos programados para o período. Segundo a Empresa Brasileira de Infra-Estrutura Aeroportuária (Infraero), o Aeroporto de Cumbica, em Guarulhos, na Grande São Paulo, registrou o maior número de atrasos. Foram 33 em 154 vôos (21,4%). Outros 3 foram cancelados.   Em segundo, aparecia o Aeroporto Antonio Carlos Jobim - Galeão, na zona norte do Rio. De 92 vôos, 30 atrasaram, o equivalente a 32,6% do total. Não houve cancelamentos. No Aeroporto de Congonhas, na zona sul da capital paulista, 9 dos 87 vôos sofreram atrasos (10,3%) e 4 foram suspensos (4,6%). Em Brasília, o Aeroporto Presidente Juscelino Kubitschek teve 13 atrasos (18,6%) e 4 cancelamentos (5,7%) em 70 vôos.   Por companhia, segundo a Infraero, a TAM concentra o maior número de atrasos. De 448, 74 partiram fora do horário previsto, ou seja, 16,5% do total. A Gol apresenta atrasos em 63 dos 302 vôos (20,9%). Na Varig, 19 dos 59 vôos atrasaram (32,2%).

Mais conteúdo sobre:
aeroportos atrasos

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.