Felipe Rau / Estadão
Felipe Rau / Estadão

Aeroporto de Congonhas é fechado por falta de visibilidade provocada por neblina

Nenhum pouso foi autorizado desde a abertura do local; decolagens chegaram a ser suspensas, mas foram retomadas pouco depois das 7h

Jéssica Otoboni, O Estado de S.Paulo

05 Julho 2018 | 06h49
Atualizado 05 Julho 2018 | 08h22

SÃO PAULO - O Aeroporto de Congonhas, na zona sul de São Paulo, está fechado para pousos em razão da falta de visibilidade provocada pelo forte nevoeiro registrado na manhã desta quinta-feira, 5, na cidade.

+ São Paulo amanhece com forte nevoeiro 

+ Inverno começa nesta quinta; baixas temperaturas e tempo seco são esperados em SP

Nenhum pouso foi autorizado desde as 6h, horário de abertura do aeroporto. As decolagens também chegaram a ser suspensas, mas foram retomadas pouco depois das 7h.

+ Onda de frio derruba temperaturas no Sul do Brasil

+ Com tempo seco, queimadas se alastram pelo interior de São Paulo

Segundo a Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero), 16 voos estão atrasados e 4 foram cancelados. O restante dos que estavam programados para esta manhã em Congonhas seguem no horário previsto.

Em Guarulhos, o Aeroporto de Cumbica opera normalmente até o momento.

Segundo o Centro de Gerenciamento de Emergências Climáticas (CGE), a capital paulista amanheceu com baixas temperaturas e nebulosidade. 

Rio de Janeiro

O Aeroporto Internacional do Rio de Janeiro (Galeão) e Santos Dumont operam com o auxílio de instrumentos nesta manhã para manobras de pousos e decolagens, segundo informações do Centro de Operações da Prefeitura do RJ. / com Agência Brasil

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.