'Aeronave sofreu com intensa turbulência e descargas elétricas'

Depois de 25 a 30 minutos de percurso, o voo AF443, da Air France, teve de retornar ao Aeroporto Internacional do Galeão, no Rio, em razão de uma pane não especificada. O problema foi informado aos passageiros 15 minutos após a passagem por uma nuvem carregada, quando a aeronave sofreu com intensa turbulência e descargas elétricas - intensas mesmo. Ao anunciar o retorno ao Rio, o comandante também informou que grande parte do combustível seria descartada, formando nuvens de vapor nas extremidades das asas. A aterrissagem ocorreu uma hora e 25 minutos após o início do retorno. Nesse tempo, a aeronave reduziu e voltou a ganhar altitude e sofreu forte turbulência. Na aterrissagem, a frenagem foi abrupta, com um ruído intenso sempre que o freio era acionado com mais intensidade. Os passageiros mais nervosos receberam água e atenção especial dos comissários de bordo. Não houve pânico.

Andrei Netto, jornalista do 'Estado', estava no voo AF443, O Estado de S.Paulo

14 Novembro 2013 | 02h11

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.