Advogados vão defender presos

Cerca de 500 advogados se dispuseram a defender os manifestantes presos nos protestos contra o aumento da tarifa do transporte público em São Paulo. O grupo divulgou no Facebook a divisão dos profissionais por distritos policiais e os horários de plantão.

Bruno Ribeiro, O Estado de S.Paulo

17 Junho 2013 | 02h00

"O nosso trabalho será para garantir que não haja abusos e ilegalidades aos manifestantes, para que pessoas não sejam presas para averiguação, o que é vedado pelo ordenamento jurídico", afirmou o advogado Guilherme San Juan Araujo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.