Advogados protocolam habeas-corpus de casal Nardoni

Os advogados entregaram o pedido às 18h55 no Tribunal de Justiça; limite era até as 19 horas

da Redação, estadao.com.br

09 de maio de 2008 | 18h57

A defesa de Alexandre Alves Nardoni e Anna Carolina Trotta Jatobá, respectivamente pai e madrasta da menina Isabella de Oliveira Nardoni, entrou às 18h55 desta sexta-feira com o pedido de habeas-corpus contra a prisão preventiva decretada pelo juiz Márcio Fossen, do Fórum de Santana, na zona norte de São Paulo. O Tribunal de Justiça aceitaria o pedido até as 19 horas.  VEJA TAMBÉMGilmar Mendes cobra cautela na apuração da morte de IsabellaAmeaçada, Anna Carolina Jatobá é transferida para TremembéImagens da prisão do casal  Leia a conclusão da Justiça sobre o inquéritoFotos do apartamento onde ocorreu o crime  Cronologia e perguntas sem resposta do caso  Tudo o que foi publicado sobre o caso Isabella  O pai de Alexandre Nardoni, o advogado tributarista Antônio Nardoni, chegou às 16h30 ao escritório do advogado de defesa do casal Alexandre e Anna Carolina Jatobá, Marco Polo Levorin, na região central de São Paulo. Ele prometeu falar com a imprensa ao sair. Desde que a prisão foi decretada, a equipe de defesa trabalha na elaboração do habeas-corpus. Ricardo Martins e Rogério Neres de Sousa passaram os últimos dois dias trabalhando no pedido, que deve ter mais de 100 páginas.  Mais cedo, o tributarista visitou o filho, preso sob a acusação de ter matado a filha, Isabella, no 13º Distrito Policial da Casa Verde, zona norte de São Paulo. Depois, ele concedeu rápida entrevista coletiva aos órgãos de imprensa, do lado de fora da delegacia. Aparentando tranqüilidade, confirmou que de fato seu filho foi isolado e está numa cela sozinho, separado dos outros presos. No entanto, falou que não chegou a ver a cela e, por isso, não soube precisar o tamanho dela. (Com informações de Rodrigo Brancatelli, de O Estado de S. Paulo)

Tudo o que sabemos sobre:
Caso Isabella

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.