Advogado espera perdão judicial para motorista

O advogado do motorista Landerson Correia Rodrigues, Marco Antônio Arantes de Paiva, diz que seu cliente assumiu a culpa pelo acidente que matou sua mulher e o bebê que o casal esperava. Mas ele mantém a versão de não ter visto o semáforo fechado para ele, o que causou a batida.

O Estado de S.Paulo

07 de janeiro de 2012 | 03h02

Arantes de Paiva argumenta ainda que há falha de sinalização na via, o que contribuiu para o acidente. "Ele viu o sinal verde na Abraão e cruzou. O outro semáforo está do outro lado da rua."

O defensor espera conseguir a absolvição sumária (sem julgamento) para Rodrigues, já que a perda da mulher e do filho seria uma pena maior do que a eventual condenação por homicídio culposo. O pedido será feito quando o Ministério Público Estadual acusar formalmente o motorista por homicídio culposo. / B.R.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.