Advogado é denunciado por morte da namorada

O Ministério Público denunciou ontem por homicídio qualificado o advogado Sérgio Brasil Gadelha, de 74 anos, que confessou ter matado a namorada, Hiromi Sato, de 54, em 20 de abril, em Higienópolis, região central. A promotora Solange Azevedo Beretta da Silveira pediu também a exumação do cadáver da vítima, pois, segundo ela, o laudo foi "omisso, obscuro e contraditório".

O Estado de S.Paulo

08 Maio 2013 | 02h05

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.