Advogado de defesa critica noiva do goleiro

CASO BRUNO

, O Estado de S.Paulo

19 de outubro de 2010 | 00h00

O advogado de Bruno Fernandes, Ércio Quaresma, afirmou ontem que a noiva do goleiro, Ingrid Oliveira, não tinha autorização para gravar a conversa em que ele diz ser "o diabo, o capeta". Gravação da conversa entre ele e Ingrid foi mostrada no Fantástico. "Deixei de ser advogado para ser alvo de investigação." Mas o advogado voltou a afirmar que é "satã" porque é "muito feio" e faz "promotores públicos tremerem".

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.