Advogado da OAB denuncia abuso de PMs

RACISMO

, O Estado de S.Paulo

08 de maio de 2010 | 00h00

O advogado Sinvaldo José Firmo, de 47 anos, da Comissão de Direitos Humanos da OAB, fez anteontem uma denúncia na Ouvidoria da Polícia contra três PMs. Ao lado do filho, de 13 anos, ele afirmou ter sido abordado de maneira que julga desrespeitosa, autoritária e discriminatória quando seguia, na quarta-feira à noite, na direção do Estádio do Pacaembu. Ele acredita que isso ocorreu pelo fato de ser negro. Um PM teria considerado a atitude dos dois suspeita e apontado a arma para a cabeça do filho de Firmo. Ao dizer que era da OAB, o advogado teria sido empurrado fortemente contra uma parede. A corporação prometeu apurar o caso.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.