Advogado atropela suspeito de assaltá-lo em cruzamento dos Jardins

Segundo a polícia, o homem ferido na noite de quarta, 12, usava uma arma de brinquedo, estava sem identidade e alega ter menos de 18 anos

O Estado de S. Paulo,

13 de junho de 2013 | 10h54

SÃO PAULO - Um advogado atropelou um suspeito de tê-lo assaltado no cruzamento da Alameda Jaú com a Rua Haddock Lobo, nos Jardins, zona oeste da cidade. A ocorrência foi registrada pela PM às 21h30 dessa quarta-feira, 12. Segundo informações do 78º DP (Jardins), onde o caso é investigado, o homem atropelado usava uma arma de brinquedo, estava sem identidade e alega ter menos de 18 anos.

O advogado afirma que estava com sua namorada quando foi abordado no semáforo pelo suspeito, que pediu o celular e o relógio, avaliados em R$ 15 mil. O casal ia a um restaurante para celebrar o Dia dos Namorados. Em seu depoimento, o advogado afirmou que agiu por impulso. Ele pode ser indiciado por lesão corporal, caso a polícia demonstre que ele agiu para machucar o suposto ladrão. Os objetos levados foram recuperados.

O acusado ferido foi levado ao Hospital das Clínicas, que não deu informações sobre seu estado de saúde.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.