Adriano Winehouse

Daí pra cima

TUTTY HUMOR, O Estado de S.Paulo

04 Outubro 2012 | 03h05

Zerado nas pesquisas em São Paulo, Paulinho da Força está convencido de que o pior já passou! Há menos de 2 meses, quando chegou a 5% das intenções de voto para prefeito, o candidato do PDT tinha muito mais a perder.

Boato infame

José Serra não tem planos de, caso eleito no domingo, abandonar a Prefeitura para concorrer às eleições diretas para presidente do Palmeiras em 2015. E não se fala mais nisso, ok?

Mensalão sideral

Condenado de cabo a rabo pelo STF, o deputado Valdemar Costa Neto está decidido a apelar "até as últimas instâncias do planeta". Depois disso, restará ainda recurso na Câmara de titânio do Senado Galáctico de Star Wars.

País dos planos

Se, só nesta semana, 301 foram proibidos, devem existir mais planos de saúde no Brasil do que concessionárias de automóvel e pontos de jogo do bicho. Se bobear, tem operadora funcionando até no posto Ipiranga.

Negócio da China

O São Paulo lucrou R$ 3 milhões com a venda de Carlinhos Paraíba para um time do Japão. Suspeita-se em Tóquio de lavagem de dinheiro! Cá pra nós, faz sentido!

Gosto popular

Falta o tradicional "banco dos réus" no STF! Tem gente - ô, raça! - que pagaria pra ver o trio Dirceu-Genoino-Delúbio sentadinho no tribunal.

Numa época em que não faltam clínicas médicas especializadas no tratamento de tudo quanto é maluquice de gente rica, francamente, não dá para entender por que ainda não criaram no Brasil um centro de reabilitação de jogador de futebol desequilibrado. Demanda para isso, convenhamos, não falta!

O próprio Adriano é, mal comparando, uma espécie de Amy Winehouse da bola! A exemplo do que acontecia com a cantora, toda bobagem que o "Imperador" faz ganha maior destaque no noticiário, mas ele não está só: tem tanto jogador de futebol brasileiro quanto roqueiro britânico perdidaços por aí!

A diferença é que no Reino Unido as "rehab clinics" adotam métodos bem mais científicos do que as conversas com Zinho no Ninho do Urubu, administradas cada vez que Adriano não comparece aos treinos.

No último papo, ficou combinado que ele agora terá acompanhamento psicológico indicado pelo Flamengo, mas o ideal seria entregar o caso a uma instituição capacitada para cuidar de toda sorte de comportamentos estranhos no mundo da bola, aí incluídas as recentes perturbações de Ganso (São Paulo) e Jobson (Botafogo).

Quem abrir o negócio primeiro vai ficar rico!

Aproveita e fica

A propósito de recente revelação de Sabrina Sato à revista Marie Claire - "Sempre estou bêbada na primeira transa com alguém!" -, vem aí uma nova campanha publicitária da lei seca para conscientização da garotada: "Se beber, não dirija: aproveita para dormir na casa de alguém!"

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.