''Adoro São Paulo. Sou muito paulista''

Antonio Soares Franco, português, enólogo e empresário

Edison Veiga, O Estado de S.Paulo

16 de maio de 2010 | 00h00

Vir a São Paulo já se tornou rotina para o enólogo e empresário português Antonio Soares Franco, presidente da produtora de vinhos Periquita. Tanto que ele perdeu a conta de quantas foram as viagens. "Umas 20 vezes", arrisca, para completar: "Eu adoro São Paulo, sou muito paulista." É claro que suas visitas têm um apelo mais para negócios do que para diversão. "É um mercado importantíssimo", admite. "Tanto que nunca venho ao Brasil, mesmo de férias, sem trabalhar."

Restaurantes. Como um bom vinho sempre pede a companhia de um bom prato, Franco sabe aproveitar a riqueza gastronômica de São Paulo. Tem na ponta da língua seus restaurantes preferidos. "O Figueira (A Figueira Rubaiyat), o Gero...", enumera. E não se furta a conhecer outros. "Ontem mesmo (quinta), fui a um que "gostei imenso": o Adega Santiago."

Gigantesca. Há seis anos, Franco foi conhecer o Museu de Arte de São Paulo (Masp). "Achei um museu fantástico", recorda-se, com o cartão-postal paulistano ainda nítido na memória. Mesmo depois de tantas idas e vindas, o enólogo afirma que tem dificuldades para se localizar por aqui. "Fico meio "confundido". A cidade é gigantesca. Se não tenho um mapa na mão, não tenho a menor ideia de onde estou", diz.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.