Adolescentes usam garrucha em assalto e são presos na zona oeste de SP

Casal chegava em casa, foi rendido pelos bandidos e teve um Fiat Punto roubado

Pedro da Rocha, do estadão.com.br,

02 Dezembro 2011 | 06h21

SÃO PAULO - Depois de roubarem um carro na Rua Heitor Ariente, no Jardim das Vertentes, região do Butantã, três ladrões foram presos por policiais militares, por volta da meia-noite desta sexta-feira, 2. Com um deles foi encontrada uma garrucha enferrujada, sem munição.

 

Quando chegava em casa, aproximadamente às 20h30 de quinta-feira, 1, com a esposa, o securitário Carlos César, de 42 anos, foi abordado, em seu Fiat Punto de cor prata, por duas pessoas. Ele tentou acelerar o veículo, "mas minha rua estava em obras na outra ponta, impedindo a passagem do carro. Os dois me alcançaram e pensei que iria morrer por ter tentado fugir", contou. Os assaltantes ameaçaram o casal verbalmente, mas levaram o Punto sem agressão física.

 

Avisados do crime pelo Centro de Operações da Polícia Militar (Copom), policiais da 2ª Companhia do 16º Batalhão encontraram o carro no mesmo bairro, andando próximo de um Celta, roubado dois dias antes, e iniciaram perseguição. O soldado Marcus Ribeiro e sua equipe pararam o Punto na Rua Edvard Camilo com a Rua Elizeu de Almeida. "Apesar de um deles estar armado com a garrucha, não ofereceram resistência.

 

No Punto estavam dois menores, e no Celta um maior", contou o soldado. Com os detidos, André José Alves Ferreira, de 21 anos, e a dupla de adolescentes, de 16 e 17 anos, foram apreendidos dois celulares, a bolsa e carteira da mulher, R$ 79 e US$ 2. O caso será registrado no 89º Distrito Policial (DP).

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.