Adolescentes são suspeitos de roubo à joalheria em Campinas

Jovem usava uniforme de escola estadual quando foi detido pelo segurança da loja; até o momento, nenhum dos objetos roubados ou a arma do crime foram recuperados

Luciana Fadon Vicente, Central de Notícias

12 de novembro de 2010 | 15h49

SÃO PAULO - Dois estudantes de uma escola estadual são suspeitos de assaltarem uma joalheria no centro de Campinas (SP) na manhã desta quinta-feira, 12, junto com outro adolescente, que acabou preso. O jovem usava o uniforme da escola quando foi detido pelo segurança da loja ao tentar escapar. A Polícia Militar (PM) foi chamada e conseguiu identificar os outros dois adolescentes através dos registros da escola.

O adolescente detido foi levado para a Delegacia da Infância e Juventude de Campinas e posteriomente transferido para a Fundação Casa (antiga Febem). O trio invadiu a loja e rendeu atendentes e clientes com uma arma de fogo. Pelo menos 15 pulseiras da prata foram levadas. Até o momento, nenhum dos objetos roubados ou a arma do crime foram recuperados.

Tudo o que sabemos sobre:
roubojoalheriaCampinas

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.