Adolescentes são suspeitos de matar menino de 9 anos em Lins

Suspeitos, que são irmão e primo da vítima e moram na mesma casa, foram encaminhados para uma cela especial da cadeia de Barra Bonita e devem aguardar vaga em unidade da Fundação Casa

José Maria Tomazela, O Estado de S. Paulo

26 Junho 2016 | 13h34

SOROCABA - Dois adolescentes de 15 anos são suspeitos de terem matado por estrangulamento um menino de 9 anos, neste sábado (25), em Lins, interior de São Paulo. Um deles é irmão, o outro é primo da vítima e todos moravam na mesma casa. A criança foi encontrada morta, de manhã, na sala da casa, pela mãe. As marcas encontradas no pescoço levantaram a suspeita do assassinato. O corpo foi levado ao Instituto Médico Legal (IML) e os exames confirmaram a morte por asfixia. Havia marcas de digitais no pescoço da criança. 

Os suspeitos teriam confirmado a autoria do crime à delegada plantonista da Polícia Civil, Juliana Bredariol. Eles também teriam usado um pedaço de corda para enforcar a criança, mas o material não foi encontrado na casa pela polícia. As causas não foram divulgadas. Os dois adolescentes foram encaminhados para uma cela especial da cadeia pública de Barra Bonita, onde devem aguardar vaga em unidade da Fundação Casa. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.