Adolescentes são apreendidos por roubo de três carros na Penha

Jovens já haviam sido apreendidos por porte de entorpecentes e foram encaminhados à Vara da Infância e da Juventude

Diego Cardoso e André Cabette Fábio,

16 de abril de 2013 | 14h11

Policiais apreenderam dois adolescentes de 17 anos acusados de roubar três carros na noite de segunda-feira, dia 16, na Penha, zona leste de São Paulo. Os adolescentes foram perseguidos por cerca de oito quilômetros, antes de baterem o carro numa grade de proteção perto da Estação Penha do metrô. Um terceiro acusado conseguiu escapar.

De acordo com a polícia, a ação do grupo começou por volta das 20h30. O primeiro veículo roubado foi um Hyundai i30, na Rua Santa Cirila, na Penha. Dez minutos depois, os três assaltantes roubaram um Honda City de uma mulher que dirigia sozinha, no mesmo bairro. Às 21h40, os criminosos abordaram um homem que estacionava seu Honda Civic, na Rua Alvinópolis.

Foi depois desse roubo que a polícia começou a perseguir os acusados. Após o acidente, os assaltantes tentaram fugir a pé. Dois deles entraram em um terreno baldio, onde foram capturados - além da pistola, os policiais recuperaram os três carros roubados pelos ladrões. Os dois menores foram levados para o 10º DP e de lá encaminhados à Vara da Infância e da Juventude.

O objetivo dos adolescentes era, segundo o delegado Marco Antonio Bernardino, do 10.º Distrito Policial, roubar objetos que as vítimas levavam nos carros. Os acusados seriam usuários de drogas. "Eles não estavam atrás dos carros, mas dos objetos", disse o delegado. Os dois acusados já haviam sido presos anteriormente pela polícia sob a acusação de porte de entorpecente.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.