Adolescente morre após bater carro roubado na Marginal do Tietê

Quatro garotas que estavam no veículo ficaram feridas. Dono do automóvel disse que foi assaltado na sexta-feira, após sair de um bar na zona oeste

O Estado de S. Paulo

13 Maio 2013 | 08h31

Atualizada às 12h35

SÃO PAULO - Um adolescente de 17 anos que dirigia um carro roubado morreu após bater em um poste da Marginal Tietê, próximo à Ponte Atílio Fontana, na zona oeste da capital, por volta das 23h desse domingo, 12. Quatro garotas que estavam no veículo ficaram feridas. As vítimas foram levadas para a Santa Casa e o Hospital Cachoeirinha.

Após resgatar as vítimas, os policiais notaram que o carro tinha queixa de roubo. O dono do veículo compareceu ao 91º. DP (Vila Leopoldina) durante a madrugada desta segunda-feira, 13, para recuperar o automóvel. Ele contou aos policiais que foi assaltado por dois homens armados na noite de sexta-feira, 10, próximo a um bar da zona oeste.

Os policiais que atenderam a ocorrência afirmaram que a placa do automóvel tinha sido modificada com fita isolante.

Mais conteúdo sobre:
adolescente menor carro roubado crime

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.