Adolescente mata empresário um dia antes de completar 18 anos, diz polícia

De acordo com polícia, motivo do crime seria ciúmes; jovem continua foragido

Sandro Villar - Especial para o Estado,

18 Abril 2014 | 11h05

PRESIDENTE PRUDENTE - O empresário Luis Paulo Trovato Freire, de 26 anos, foi morto com cinco tiros na noite desta quinta-feira, 17, em Indiana, cidade próxima a Presidente Prudente, no oeste paulista. O assassino, segundo a polícia, é R.M., que nesta sexta-feira completa 18 anos. O menor atirou quatro vezes contra a cabeça da vítima e uma vez nas costas. O motivo do crime seria ciúmes: ambos seriam namorados da mesma mulher.

Segundo informações da Polícia Militar, os dois se encontraram na rua por acaso, e o empresário foi tirar satisfações com o adolescente. "Foi crime passional, um triângulo amoroso. Um saía com a namorada do outro. Eles discutiram e o menor levou uns tapas", conta Aparecido Martins, de 50 anos, sargento da Polícia Militar em Presidente Prudente. Depois de ser esbofeteado, o adolescente foi para casa. "Ele voltou armado com um revólver e deu cinco tiros na vítima. Foi um homicídio na rua", diz o policial, acrescentando que o assassino "se ofendeu" com a agressão física e decidiu se vingar.

Após matar o empresário, que era dono de um lava-jato, o acusado fugiu e levou a arma. "Ele continua foragido, mas, como mora na cidade, onde todos se conhecem, não será difícil localizá-lo", prevê o sargento.  O enterro do empresário está marcado para esta sexta, no Cemitério Municipal da cidade.

Mais conteúdo sobre:
Presidente Prudente adolescente mata

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.