Adolescente é suspeito de matar professora

Baleado por policiais, um adolescente de 17 anos - que está internado no Hospital do Campo Limpo, na zona sul de São Paulo - é o principal suspeito de ter matado a professora de Educação Física Joyce Chaddad de Moraes Domingues, no dia 28, em Embu. O rapaz foi detido após assaltar um posto de combustível. Uma testemunha do assassinato o reconheceu.

, O Estado de S.Paulo

13 de março de 2011 | 00h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.