Adolescente é libertado pela PM de cativeiro no Guarujá

Segundo denúncia, pelo menos três pessoas tomavam conta do local, mas ninguém foi preso

Ricardo Valota, do estadao.com.br,

12 Dezembro 2008 | 03h33

Um adolescente foi libertado de um cativeiro, por volta das 22 horas de quinta-feira, no bairro do Perequê, em Guarujá, litoral sul paulista, por policiais militares do 21 Batalhão de Policiamento do Interior. Ele era mantido refém havia cerca de uma semana em um imóvel da rua Maria Bonita. A denúncia que chegou à PM afirmava que pelo menos três suspeitos tomavam conta do local, mas ninguém foi preso. Os PMs ainda permaneceram até as 2 horas desta madrugada de campana na região na tentativa de deter os criminosos, mas todos teriam fugido por um mangue. A vítima passa bem. O caso foi encaminhado à Delegacia Sede do Guarujá, mas, caso haja necessidade, será transferido para a Delegacia Anti-Sequestro de Santos. Ainda não há detalhes sobre o seqüestro.

Mais conteúdo sobre:
Guarujácativeiroseqüestro

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.