Adolescente é arrastado por carro na zona norte de SP

Testemunhas afirmaram que jovem estava em ponto de ônibus quando foi puxado por três skinheads

Priscila Trindade, do estadao.com.br,

15 de janeiro de 2010 | 14h56

Um estudante de 15 anos foi agredido e arrastado por um carro na noite de quinta-feira, 14, na zona norte de São Paulo. Ele está internado e corre o risco de morrer. Três pessoas foram presas pelo crime.

 

De acordo com a Secretaria de Segurança Pública (SSP), Guardas civis metropolitanos foram chamados para atender uma ocorrência de atropelamento na Avenida Deputado Emílio Carlos. Ao chegarem no local, os agentes encontraram o estudante caído com vários ferimentos pelo corpo. A vítima foi levada ao Hospital de Vila Nova Cachoeirinha, onde está internada na Unidade de Terapia Intensiva (UTI), em estado grave. O adolescente sofreu traumatismo craniano e lesões nos rins, pulmões e olhos.

 

Testemunhas disseram à polícia que o estudante estava em um ponto de ônibus quando três skinheads o puxaram pelo braço e, com o carro em movimento, o arrastaram por cerca de 60 metros pela avenida. Enquanto os guardas conversavam com outras testemunhas para apurar o caso, o trio, que havia agredido o jovem, passou pelo local, por volta das 23h40, e foi identificado. Eles tentaram fugir, mas foram presos.

 

O detidos, com idades entre 18 e 24 anos, foram levados para o 13º Distrito Policial, na Casa Verde, também na zona norte. O veículo usado pelos três foi encaminhado para a perícia.

Mais conteúdo sobre:
skinhead

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.