Reprodução
Reprodução

Adolescente de 17 anos morre ao capotar carro roubado na zona sul de São Paulo

De acordo com a SSP, perseguição começou no Jardim Icaraí por volta de 4h30, quando policiais militares suspeitaram do menino, que dirigia um Hyndai modelo IX35

Danielle Villela e Breno Lemos Pires, O Estado de S.Paulo - Atualizado às 14h45

25 Março 2013 | 12h23

SÃO PAULO - Uma perseguição policial terminou com a morte de um adolescente de 17 anos em um grave acidente na madrugada desta segunda-feira, 25, na altura do número 5.305 da Avenida Senador Teotônio Vilela, nas proximidades da Rua Hilário Ascabusi, em Cidade Dutra, zona sul de São Paulo.

De acordo com a Secretaria de Segurança Pública, a perseguição começou no Jardim Icaraí por volta de 4h30, quando policiais militares suspeitaram do adolescente, que dirigia um Hyndai modelo IX35. O garoto acelerou o veículo, mas perdeu o controle e capotou. O carro bateu em um Fiat, um táxi e um ônibus. O adolescente ficou preso nas ferragens e chegou a receber atendimento no Hospital Geral do Grajaú, mas não resistiu aos ferimentos. Segundo a SSP, o carro conduzido pelo menino era furtado.

O motorista do ônibus ficou ferido e foi socorrido no Pronto-Socorro de Vidas. As duas pessoas que estavam no Fiat não sofreram ferimentos.

A faixa da esquerda da Avenida Senador Teotônio Vilela, sentido centro, permaneu bloqueada até às 14 horas para realização de perícia. O caso foi registrado pelo 85º Distrito Policial, do Jardim Mirna, pelo delegado André Eustáquio da Fonseca.

Mais conteúdo sobre:
Adolescente São Paulo Roubo

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.