Adolescente apreendido com Oxi na Cracolândia em SP

Garoto de 13 anos foi apreendido com uma bolsa que continha 161 pedras de Oxi e R$ 977,00, mas alegou ter encontrado o objeto na rua

Ricardo Valota, do estadão.com.br,

24 Maio 2011 | 02h35

SÃO PAULO - O menor L.C.A., de 13 anos, foi apreendido, por volta das 23h30 desta segunda-feira, 23, na região da Cracolândia, no centro da capital paulista, em posse de 161 pedras de Oxi e R$ 977,00 provenientes da venda da droga.

 

Policiais militares da 2ª Companhia do 7º Batalhão, em patrulhamento pela rua dos Gusmões, desconfiaram do adolescente e o abordaram. A droga e o dinheiro estavam dentro de uma bolsa carregada pelo garoto, que ainda tentou fugir.

 

O adolescente disse aos PMs que apenas encontrou a bolsa abandonada na rua e que não comercializa a droga na região. Já com passagem pela Fundação Casa, L.C.A. foi levado para o 3º Distrito Policial, de Santa Ifigênia, e deve ser internado novamente.

 

O Oxi, cuja pedra é vendida por 25% do valor do crack, é mais viciante e mais perigoso, pois, em sua composição há, além da cocaína, querosene, amoníaco e cal virgem. Muitos dos usuários de Oxi pensam estar consumindo crack.

 

O Oxi chegou ao Brasil há aproximadamente seis anos. Autoridades da saúde afirmam que um terço dos que consomem essa droga possuem expectativa de vida de no máximo 1 ano.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.