Adoção de criança com deficiência terá prioridade

O plenário do Senado aprovou ontem projeto de lei que garante prioridade na tramitação de processos de adoção que envolvam crianças e adolescentes com deficiência ou doença crônica. A proposta modifica o Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA) para instituir tal prioridade. O texto seguirá para sanção presidencial, uma vez que só houve duas emendas de redação.

O Estado de S.Paulo

18 de dezembro de 2013 | 02h05

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.