Acusado de ser o contador do PCC é preso no ABC

Homem foi preso em sua casa, em São Bernardo do Campo; ele estava foragido há sete meses, por não ter voltado de indulto do Dia das Mães para penitenciária de Valparaíso

Pedro da Rocha, Central de Notícias

14 Dezembro 2010 | 20h06

SÃO PAULO - Policiais civis do 1º Distrito Policial de São Bernardo do Campo, no Grande ABC, prenderam um homem, de 22 anos, na manhã desta terça-feira, 14. Detido em sua casa, na rua Bahia, na Vila Jardinópolis, em São Bernardo do Campo, ele é acusado de ser o contador do Primeiro Comando da Capital (PCC), facção criminosa que atua na região.

 

Foragido da Justiça há sete meses, ele não retornou do indulto do Dia das Mães ao Centro de Progressão Penitenciária (CPP) de Valparaíso. O jovem possui passagens na polícia por roubo, porte de arma e formação de quadrilha.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.