Acusado de roubar e estuprar menina de 12 anos em ônibus é condenado a 16 anos

Acusado de roubar e estuprar uma estudante de 12 anos em um ônibus no Rio, Paulo Roberto da Silva Dias foi condenado ontem a 16 anos e 3 meses de prisão. O crime aconteceu em 15 de fevereiro, às 12h15. A ação foi filmada pela câmera do ônibus, que fazia a Linha 162 (Glória-Leblon).

O Estado de S.Paulo

15 de junho de 2012 | 03h05

O criminoso sentou ao lado da garota, na parte da frente do ônibus, e ordenou que ela entregasse seus objetos, sob ameaça de receber "um tiro na cara".

Após dar corrente, relógio, brincos, celular e dinheiro, a menina foi obrigada a ir para o último banco, onde foi estuprada. No ônibus só havia três pessoas. Dias negou os crimes, mas foi reconhecido pela vítima e pelo motorista.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.