Acusado de matar sogros teria tentado assumir empresa deles

Preso anteontem com a mulher, Roberta, sob a acusação de matar os pais dela, Wilson Tafner e Tereza Cobra, o desempregado Willians Santos tentou assumir a empresa do sogro dias depois do crime, segundo a irmã e sócia da vítima, Regina Tafner. "Roberta disse que o Willians queria assumir, mas eu disse não", conta.

Paulo Saldaña, O Estado de S.Paulo

17 Dezembro 2010 | 00h00

No mesmo dia do crime (2 de outubro), os dois também quiseram, segundo Regina, cremar os corpos, o que em crimes do tipo só pode ocorrer com autorização judicial. "Roberta dizia que era desejo deles, mas nunca ouvi isso. Não queriam é deixar vestígios", diz.

Roberta e Willians - que negam as acusações - ainda podem ser denunciados por fraude processual e coação. O crime ocorreu em um condomínio em Santana de Parnaíba, na Grande SP.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.