Acusado de matar menina de 6 anos morre em tiroteio

Reconhecido pela família da menina, Joílson foi denunciado e encontrado pela polícia em Guarulhos

Solange Spigliatti, do estadao.com.br,

11 de setembro de 2007 | 11h58

Um dos suspeitos de matar uma criança de 6 anos, durante um assalto em Guarulhos, no sábado, 8, morreu na madrugada desta terça-feira, 11, após um tiroteio com a polícia. Joílson Firmino dos Santos, de 30 anos, que foi reconhecido pelos parentes das vítimas, foi denunciado por Everaldo Diniz de Oliveira, de 32 anos, preso nesta madrugada em uma favela de Guarulhos. Joílson foi abordado pelos policiais em sua casa, na mesma favela, e começou a atirar. Dois policiais ficaram feridos e foram encaminhados ao Hospital de Guarulhos. Na troca de tiros, ele foi atingido. Levado ao pronto-socorro Alvorada, não resistiu aos ferimentos e morreu.  A menina foi morta no sábado, quando três bandidos invadiram uma casa na Avenida Diorama, na Cidade Satélite, em Guarulhos, à procura de Damião Sousa Farias, de 49 anos. Ao encontrá-lo efetuaram vários disparos um dos quais atingiu a enteada dele, P.S.J., de 6 anos.

Tudo o que sabemos sobre:
tiroteioGuarulhos

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.