Acusado de agredir estudante se entrega

Rafael Zanini Maiolino, de 18 anos, um dos acusados de espancar o estudante de Desenho Industrial Vítor Suarez Cunha, de 21 anos, na Ilha do Governador, no Rio, apresentou-se ontem à polícia. Cunha foi espancado ao defender um morador de rua que era agredido por um grupo de jovens na quinta-feira passada. Maiolino estava foragido. Ele teve a prisão temporária decretada com outros acusados na sexta-feira - dois deles foram presos naquele dia. Um quarto acusado, Edson Luís Junior, está foragido. Cunha passou por cirurgia para colocar oito placas e 63 parafusos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.