Acordo na segurança de SP deve agilizar troca de informações

Sistema integrado permitirá a comunicação via internet para facilitar cumprimento de ordens judiciais

Pedro da Rocha, da Central de Notícias,

16 de novembro de 2010 | 18h24

SÃO PAULO- O Tribunal de Justiça de São Paulo assinou, no último dia 9, Termo de Cooperação Técnica com a Secretaria da Segurança Pública (SSP) e a Secretaria da Administração Penitenciária (SAP) para implementar o Sistema de Integração de Informações de Segurança e Justiça, que permitirá a comunicação via internet para agilizar o cumprimento de ordens judiciais.

 

Serão integradas as informações referentes a mandados de prisão, alvarás de soltura, criação de prontuário criminal, paradeiro de preso, requisição de preso em estabelecimentos penais para apresentação em audiências, comunicação de decisões judiciais e atestado de conduta carcerária.

 

O sistema permitirá compartilhar dados de movimentação carcerária e boletins informativos, bem como a possibilidade do TJ emitir a folha de antecedentes criminais. Estes trâmites serão feitos de forma eletrônica, com certificado digital.

 

A previsão é que a primeira fase do projeto esteja concluída dentro de seis meses e a segunda fase em cinco meses após a implantação da primeira.

Tudo o que sabemos sobre:
segurançaacordo

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.