DANIEL TEIXEIRA/ESTADÃO
DANIEL TEIXEIRA/ESTADÃO

Acidentes dificultam descida para o litoral e ida ao interior

Tombamento de caminhão na Imigrantes e de carreta na Rodovia dos Bandeirantes causaram lentidão

O Estado de S. Paulo

23 Dezembro 2014 | 23h52

SÃO PAULO - Chuva e trânsito marcaram a saída do paulistano para o interior e para o litoral na antevéspera do Natal. Desde a tarde desta terça-feira, 23, os motoristas enfrentaram lentidão nas principais rodovias que deixam a Grande São Paulo. 

Na Imigrantes, rodovia que liga a capital ao litoral, o tombamento de um caminhão às 13h40 desta terça, sentido São Paulo, deixou a via congestionada até a noite. O acidente aconteceu na altura do km 23, em São Bernardo do Campo, no ABC paulista. O veículo foi removido às 22h37. Até as 23 horas, a pista expressa estava bloqueada.

Segundo a Ecovias, concessionária que administra o trecho, a interdição foi feita a pedido do Corpo de Bombeiros. O motivo, de acordo com a empresa, seria o derramamento de “produtos perigosos na pista”. A empresa, no entanto, não especificou qual era o material.

Para subir a serra, os motoristas, segundo a concessionária, tiveram de acessar um desvio pelo km 43, que dá acesso à Via Anchieta. Como consequência do acidente, a Anchieta tinha ainda lentidão do km 48 ao km 30 no sentido São Paulo, às 22 horas. Na rodovia, a lentidão no sentido litoral ia do km 59 ao km 65, na chegada a Santos até as 22 horas.

Na Imigrantes, no sentido Baixada Santista, a lentidão, por volta das 22 horas, ia do km 59 ao km 65, na chegada a São Vicente. Pouco antes, por volta de 20 horas, o congestionamento havia chegado a 9 km de filas na Imigrantes: do km 62 ao km 65 e do km 47 ao km 53. 

Por causa da forte chuva na Baixada, um alagamento bloqueou a Rodovia Padre Manoel da Nóbrega, na altura do km 271, no sentido Praia Grande, desde o início da madrugada de ontem até pelo menos as 22 horas. Também houve filas na estrada. 

Interior. Um acidente com uma carreta às 14 horas desta terça no km 50 da Rodovia dos Bandeirantes, sentido interior, provocou congestionamento do km 25 ao km 55. O tombamento do veículo interditou as faixas 1 e 2 até por volta das 17 horas. Mesmo com a retirada da carreta, às 19h15 os motoristas ainda enfrentavam lentidão por causa da quantidade de veículos na estrada.

Às 20 horas, a pista sentido interior da via tinha 32 km de lentidão: do km 77 ao km 91, em Campinas, e do km 32 ao km 50, em Jundiaí. Já na Via Anhanguera havia trânsito do km 53 ao 61, em Jundiaí, no sentido interior.

Capital. Na capital, o trânsito ficou acima da média desde o começo da tarde desta terça. Às 14 horas, havia 84 km de congestionamento - a máxima para o horário, segundo a Companhia de Engenharia de Tráfego (CET), é de 52 km. 

À noite, por volta das 20 horas, o congestionamento somou 97 km - a máxima para o horário é de 94,6 km. Nesse horário havia 11,7 km de lentidão na Marginal do Tietê, no sentido Ayrton Senna, tanto na via local quanto na expressa. 

Duas horas depois o trânsito diminuiu na Marginal do Tietê. Nesse horário, contudo, essa era a via mais congestionada da cidade: 4,3km na pista expressa sentido Ayrton Senna/Castello Branco e 1 km no mesmo sentido na pista local.

Na cidade o trânsito também fluía bem. Segundo a Companhia de Engenharia de Tráfego, às 22 horas havia apenas 5 km de congestionamento: 1km na região norte, 3 km no centro e 4 km na zona leste. 

Mais conteúdo sobre:
São Paulo Natal

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.