Acidentes aumentam 32% no feriado em SP

Foram 1.021 nas rodovias estaduais; já o número de mortes teve queda de 27,3% em relação ao ano passado

Mônica Reolom, O Estado de S.Paulo

19 Novembro 2013 | 02h04

O número de acidentes durante o feriado da Proclamação da República aumentou 32% nas rodovias estaduais de São Paulo, comparado ao mesmo período do ano passado. O número passou de 774 para 1.021, em sua maioria sem vítimas.

Como o feriado de 15 de novembro de 2012 foi na quinta-feira, a Polícia Rodoviária Estadual exclui a sexta-feira do cálculo para fazer a comparação. Dezesseis pessoas morreram nos três dias de feriado, número 27,3% menor que as 22 de 2012. Foram 551 pessoas feridas, ante 467 no feriado de 2012.

Já nas estradas federais do Brasil, o número de acidentes caiu 12%. Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), a comparação foi feita com o feriado da Semana Santa deste ano, porque em 2012 não houve operação nacional por causa do feriado da República, por ter sido em uma quinta-feira. A quantidade de mortos e feridos também teve queda: de 21% e 20%, respectivamente.

No total, foram registrados 2.269 acidentes, com 101 mortos e 1.278 feridos, entre 0h01 de quinta-feira e a meia-noite de domingo. Na Semana Santa, ocorreram 2.451 acidentes, com 121 mortos e 1.516 feridos. Minas foi o Estado com mais acidentes, feridos e mortos: 342, 214 e 17, respectivamente. Em São Paulo, foram 175 acidentes, com 68 feridos e 6 mortos.

Imprudência. Segundo a Polícia Rodoviária Estadual, a maioria dos acidentes foi causada por imprudência de motoristas e pedestres, como falta de respeito à sinalização. As mortes ocorreram por capotamento, colisões em locais de ultrapassagem não permitida, choques e atropelamentos.

A fiscalização resultou em 13.613 autuações por infrações de trânsito diversas em todo o Estado. Foram apreendidos 1.483 veículos, 348 carteiras de habilitação e 1.515 documentos de veículos por irregularidades.

Feriado. Segundo a Companhia de Engenharia de Tráfego (CET), amanhã o rodízio estará suspenso na capital por causa do feriado municipal do Dia da Consciência Negra. A restrição volta na quinta-feira para veículos com placas de finais 7 e 8.

Mais conteúdo sobre:
acidentes feriado

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.