Acidente mata 26 pessoas no oeste de SC

Colisão aconteceu a apenas 9 quilômetros do local onde houve outra tragédia em 2007

Júlio Castro, O Estado de S.Paulo

06 Março 2011 | 00h00

Vinte e seis passageiros de um ônibus de excursão morreram depois de o veículo se chocar contra um caminhão carregado de madeira na BR-282, no oeste de Santa Catarina. A colisão aconteceu por volta das 3h30 de ontem, na altura do município de Descanso. O acidente com veículos de placas do Rio Grande do Sul aconteceu a nove quilômetros do local onde uma outra tragédia em série matou 27 pessoas e deixou 90 feridos, em 2007.

O ônibus de turismo tinha 44 passageiros a bordo e dois motoristas e seguia de Santo Cristo (RS) para Pato Bragado (PR). A maioria dos ocupantes integrava uma equipe de boliche que participaria de eventos no Paraná. Ontem, fariam uma partida amistosa contra a equipe de Marechal Cândido Rondon (PR) e, amanhã, outra em Pato Bragado. As causas do acidente ainda não foram esclarecidas. O motorista do caminhão, Fernando Zanetti Furtado, morreu na hora.

Segundo a Polícia Rodoviária, a carreta bitrem carregada de madeira, com placas de Pelotas (RS), seguia em sentido contrário ao ônibus quando tombou em uma curva e deslizou por cerca de 50 metros, até a colisão. As tábuas do caminhão se projetaram contra o coletivo. Os feridos foram conduzidos para o Hospital Regional de São Miguel do Oeste e os mortos, para o Instituto Médico Legal (IML).

Ao saber do acidente em Santo Cristo, Roseli Kraemer, de 34, ficou transtornada. Ela tinha oito parentes no ônibus. "Não sei se meus parentes e meu marido estão entre os mortos. O pessoal daqui é solidário. Não sei se amparo ou se sou amparada."

No município gaúcho de Santo Cristo, a prefeitura montou um centro de assistência aos familiares. A notícia provocou grande comoção no município de 14 mil habitantes. Um velório coletivo deve acontecer. As prefeituras de Santo Cristo e Santa Rosa, onde alguns dos mortos moravam, e os governos do Rio Grande do Sul e de Santa Catarina decretaram luto de três dias.

Castelo Branco. No interior paulista, um ônibus tombou na madrugada de ontem na Rodovia Castello Branco, altura de Botucatu. No total, 29 passageiros ficaram feridos - 12 em estado grave. / COLABOROU ELDER OGLIARI

PARA LEMBRAR

Região viveu uma tragédia dupla em 2007

Um duplo acidente na mesma rodovia (BR-282) da tragédia de ontem deixou 27 mortos e 90 feridos em outubro de 2007. A primeira colisão foi entre um ônibus de trabalhadores rurais e uma carreta. Os dois motoristas e cinco passageiros morreram. Duas horas depois, um caminhão desgovernado furou o bloqueio da Polícia Rodoviária e atingiu 15 carros, equipes de resgate, de imprensa e curiosos. Outras 20 pessoas morreram, incluindo 4 bombeiros e 3 jornalistas. O motorista, Rosinei Ferrari, está preso.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.