Beto Martins - FuturaPress/Estadão
Beto Martins - FuturaPress/Estadão

Acidente esmaga dois carros e deixa três mortos na Dutra

Ônibus perdeu o freio e prensou os veículos contra um caminhão; trecho da colisão é o mais perigoso entre as BRs no Estado de São Paulo

Luciano Bottini Filho, O Estado de S. Paulo

28 Novembro 2013 | 11h12

SÃO PAULO - Um acidente no km 227 da BR-116, a Via Dutra, entre São Paulo e Guarulhos, matou três pessoas na manhã desta quinta-feira, 28. O trecho, de acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), é o mais perigoso das BRs no Estado, com 435 acidentes e 5 mortes no primeiro semestre deste ano.

Segundo agentes da PRF, o motorista de um ônibus perdeu o freio e prensou dois veículos leves contra um caminhão. Três pessoas morreram no local e ao menos uma foi ferida, informou a polícia, que ainda está fazendo averiguação para determinar as causas do acidente e identificar as vítimas. O ônibus seria da empresa Passaredo. A assessoria de imprensa da empresa não respondeu até a publicação desta notícia.

A colisão ocorreu às 7h42, segundo a Concessionária CCR Nova Dutra, que administra a rodovia. A pista ficou fechada por mais de duas horas, até as 9h50, quando os veículos foram removidos.

Em nota, a CCR Nova Dutra diz que toma providências para reduzir a quantidade de acidentes, atribuída ao excesso de veículos no trecho da BR-116. Entre elas, estão "uma série de ações educativas, radares na região e a operação reversível da pista expressa sentido Rio, que, na parte da manhã, opera no sentido SP entre as 6h30 e as 10h, com o aumento da capacidade de tráfego em mais duas faixas e acostamento invertido, entre os km 211 e 216".

 

 

Mais conteúdo sobre:
acidentedutra

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.