Acidente deixa um morto e quatro feridos em Itapecerica

Todos os feridos estavam em um carro que perdeu a direção e invadiu a pista contrária batendo no ônibus

Paulo Maciel, Ricardo Valota e Daniela do Canto, do estadão.com.br,

14 Janeiro 2009 | 01h49

Uma pessoa morreu e quatro ficaram feridas em um acidente entre um ônibus e um carro na estrada de Itapecerica, em Itapecerica da Serra. O acidente aconteceu por volta das 23 horas da terça-feira, 13, e chovia forte no local. Um Corsa cinza seguia em direção à Rodovia Régis Bittencourt e invadiu a pista contrária, batendo de frente com um ônibus intermunicipal da Viação Miracatiba.   Wilson Carlos dos Santos Alves da Silva, de 24 anos, que estava no banco do passageiro do Corsa, morreu no local. Os outros quatro ocupantes do carro foram socorridos e encaminhados a hospitais da região. O pastor José Alves da Silva, pai de Wilson, era quem dirigia no momento do acidente. Também estavam no automóvel outro filho de Silva, Willian dos Santos Alves, de 25 anos, o genro Jéferson de Oliveira Santos, de 18 e Aílton dos Santos.   De acordo com informações de familiares, as vítimas voltavam de uma obra na qual trabalharam como pedreiros na região do Capão Redondo, na zona sul de São Paulo. O pastor e Aílton foram levados ao pronto-socorro do Campo Limpo, Jéferson ao pronto-socorro de Itapecerica da Serra e Willian ao pronto-socorro Pirajussara.   Os pais de Jéferson, que estiveram no local do acidente, disseram ter conversado com o filho no hospital, mas afirmaram que ele não soube dizer o que aconteceu na hora da batida. "Ele estava cochilando no banco de trás", afirmou o pedreiro José Reis, de 47 anos, pai do jovem.   "Meu filho pegou o carro do pastor e foi buscar todo mundo. Mas ele voltou no banco de trás, por isso escapou", disse a dona de casa Dulcinéia de Oliveira, de 42 anos, mãe de Jéferson. Ela se emocionou ao ver o corpo de Wilson dentro do carro. "É o Carlinhos", exclamava, entre lágrimas. Ela é vizinha da família do pastor. Todos moram no Jardim Branca Flor, em Itapecerica da Serra.   De acordo com o motorista do ônibus, João Paulo Alves Torres, de 28 anos, cerca de dez passageiros estavam no ônibus - que saiu do Parque Itapecerica e seguia com destino à Estação Capão Redondo do Metrô - mas nenhum deles ficou ferido.   O motorista do ônibus afirmou que o Corsa estava em alta velocidade e que não conseguiu desviar do carro. "Acho que a chuva pode ter contribuído para o acidente porque a pista fica escorregadia", avaliou. Torres não acredita que o motorista do Corsa tenha tentado uma ultrapassagem. " A pista estava vazia", justificou.   A Estrada de Itapecerica foi totalmente bloqueada para o socorro às vítimas. À 0h45, uma faixa foi liberada e o trânsito voltou a fluir normalmente.   Texto ampliado às 8h48 para acréscimo de informações.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.